quinta-feira, 28 de maio de 2015

Zarro-comum (Aythya ferina)

(Fêmea)

(Macho)

(Fêmea seguida por algumas crias de ninhada recente)

 Zarro-comum *(Aythya ferina L.)
Ave da família Anatidae, é uma espécie invernante mais ou menos comum em Portugal e nidificante rara. Em território português, ao que parece, nidifica principalmente no Paul de Boquilobo e também na região de Mértola e no Algarve, (Lagoa dos Salgados), mas frequenta e pode ser avistada noutros locais sobretudo na metade sul do país, em lagoas, barragens, açudes e estuários.
Alimenta-se de matéria vegetal e animal, alguma obtida em mergulho.
Os ninhos são construídos no solo a coberto de vegetação, na proximidade de superfícies aquáticas. As posturas, que ocorrem em Portugal durante o mês de Abril, vão de 8 a 10 ovos que são incubados durante cerca de 25 dias. As crias abandonam o ninho logo pós a eclosão mas não voam antes de decorridos cerca de 50 dias. 
Estatuto de conservação da espécie: "pouco preocupante".
* Outros nomes comuns: Zarro; Cabeça-ruiva; Caturro; Tarrantana.
(Local e data: Lagoa dos Salgados; 23 - Maio - 2015)
(Clicando nas imagens; amplia)

Sem comentários: