quinta-feira, 14 de março de 2019

Pintarroxo-comum (Linaria cannabina)






Pintarroxo-comum *(Linaria cannabina L.; Sinónimo: Carduelis cannabina L.)
Ave de reduzida dimensões (13 a 14 cm de comprimento; cerca de 21 cm de envergadura de asas; e 15 a 20g de peso)  ocorre em Portugal sobretudo como residente, embora também se encontrem alguns indivíduos invernantes. Como residente é bastante comum e distribui-se por todo o território do Continente, preferindo terrenos abertos, sem árvores ou com poucas, mas com arbustos dispersos, com maior ou menor densidade.
Família: Fringilidae;
Reprodução:  esta espécie pode criar até três ninhadas em cada época de reprodução. O ninho, em forma de taça, é construído em pequenos arbustos. As posturas variam entre 4 e 6 ovos  que são incubados durante cerca de 13 dias. As crias abandonam o ninho 10 a 17 dias após a eclosão.
Alimentação: A dieta da espécie é constituída essencialmente por sementes e, em menor grau, por outros vegetais. Mais raro ainda é o recurso a pequenos invertebrados.
Estatuto de conservação da espécie: "Pouco preocupante".
*Outros nomes comuns: Pintarroxo; Pintarroxo-de-bico-escuro; Sentieiro-encarnado; Cacherá; Linhaça-vermelha; Milheirinha-da-rosa.
(Local e data dos avistamentos: Seixal; 14 - Março - 2019)
(Clicando nas imagens, amplia)

Sem comentários: