quinta-feira, 29 de abril de 2010

Novidades no Parque (III): Galinha-d'água (Gallinula chloropus)

(1)

(2)

A Galinha-d'água (Gallinula chloropus L.) também já se reproduziu, este ano, no parque da Paz, em Almada.
Nas imagens, um dos progenitores (foto 1) e uma cria (foto 2)
(Data: 27-Abril-2010)
(Clicando nas imagens, amplia)

quarta-feira, 28 de abril de 2010

Novidades no Parque (II)


Nas imagens, uma fêmea de Cisne-branco (Cygnus olor Gmelin), a chocar no ninho, no Parque da Paz, em Almada, deixa antever que está para breve o aparecimento de novos residentes no parque.
(Clicando ns imagens, amplia)

terça-feira, 27 de abril de 2010

Novidades no Parque

(1)

(2)
Mais uma interrupção na série sobre a fauna da Tunísia, para anunciar que há novidades no Parque da Paz, em Almada, no que respeita a aves ali residentes, com o surgimento de novas gerações:
Foto 1: Fêmea de ganso-de-magalhães, com novas crias;
Foto 2: Fêmea de pato-real, com mais uma ninhada.
(Data: 26-Abril-2010)
(Clicando nas imagens, amplia)

domingo, 25 de abril de 2010

Fauna da Tunísia: Rola-brava (Streptopelia turtur)


Rola-brava (Streptopelia turtur L.)
Também designada, entre nós, por Rola-comum, esta espécie da família Columbidae, não é actualmente muito abundante em Portugal, como outrora já foi,  encontrando-se em situação de clara regressão, devido certamente à diminuição da área de cultivo de cereais no Centro e Norte do país, onde na sua maior parte nidificava e ainda nidifica, mas também devido à caça que lhe é movida, aquando da sua migração em Setembro para o Sul de África, onde inverna. Bem mais comum, porque mais abundante, é actualmente a Rola-turca (Streptopelia decaocto)
[Designação noutros idiomas: Tórtola europea (Espanhol); Turtle Dove (Inglês); Tourterelle des bois (Francês)]
(Local e data: Oásis Ksar Ghilane - Tunísia; 05-Abril-2010)
(Clicando na imagem, amplia)

quarta-feira, 21 de abril de 2010

Fauna da Tunísia: Bulbul-comum (Pycnonotus barbatus)

Bulbul-comum (Pycnonotus barbatus Desfontaines)
Regresso à série sobre a fauna da Tunísia com esta ave da família Pycnonotidae, cuja distribuição se encontra limitada ao continente africano. É considerada uma espécie omnívora, alimentando-se de frutos e  néctar, bem como de invertebrados e particularmente de insectos. 
Designação noutros idiomas: bulbul naranjero (espanhol); Common Bulbul;  Dark-capped Bulbul e Black-eyed Bulbul (inglês); Bulbul des jardins (francês)
(Local e data: Ruínas púnicas de Cartago - Tunes - Tunísia; 09-Abr.-2010)
(Clicando na imagem amplia)

domingo, 18 de abril de 2010

Entretanto, no ninho do Chapim-rabilongo ...

Interrompo a série sobre a fauna da Tunísia para informar que, no ninho do Chapim-rabilongo (Aegithalos caudatus L.)  há vida nova.
[Na imagem, um dos progenitores à entrada do ninho, trazendo, no bico, alimento (insectos ?) para a nova geração].
(Clicando na imagem, amplia)

Fauna da Tunísia: Chamariz (Serinus serinus) (O par)


Chamariz ou Milheirinha (Serinus serinus L.) (Macho à direita da foto; Fêmea à esquerda)

(Imagem captada em Kairouan, Tunísia, em 07- Abr-2010)
(Clicando na imagem, amplia)

Fauna da Tunísia: Chamariz (Serinus serinus) (Fêmea)


Chamariz ou Milheirinha (Serinus serinus L.) (Fêmea)

(Imagem captada em Kairouan, Tunísia, em 07- Abr-2010)
(Clicando na imagem, amplia)

sábado, 17 de abril de 2010

sexta-feira, 16 de abril de 2010

Fauna da Tunísia: Alvéola-amarela (Motacilla flava)

A Alvéola-amarela (Motacilla flava L.) é uma ave da família Motacillidae que se subdivide em várias subespécies, onde se incluem as seguintes: Motacilla flava flavissima Blyth; Motacilla flava thunbergi Billberg;  Motacilla flava flava L.; Motacilla flava iberiae Hartert;  Motacilla flava cinereocapilla Savi; e  Motacilla flava feldegg Michahelles. Embora todas elas nidifiquem na Europa e migrem para África, durante a invernada, a distribuição pelas diversas regiões europeias varia consoante a subespécie. Na Península Ibérica, p.e. ocorre apenas a Motacilla flava iberiae.
Nas imagens acima reproduzidas captadas na Tunísia, na zona do deserto, a algumas dezenas de quilómetros do Oásis Ksar Ghilane, em 05-Abr-2010, encontra-se representada a subespécie Motacilla flava flava, que não é observável entre nós.
Designação da espécie noutros idiomas: Yellow Wagtail (Inglês); Bergeronnette printanière (Francês)
(Clicando nas imagens, amplia)

quinta-feira, 15 de abril de 2010

Fauna da Tunísia: Papa-moscas-de-colar

Papa-moscas-de-colar (Ficedula albicollis Temminck)
Esta ave, da família Muscicapidae, distribui-se pelo Sudeste da Europa e pelo Sudoeste da Ásia, migrando durante a invernada para o Norte de África, Tunísia incluída. Não ocorre em Portugal.
Designação noutros idiomas: Gobe-mouche à collier (Francês); Papamoscas collarino (Espanhol); Collared Flycatcher (Inglês)
(Fotografia obtida nos jardins de um estabelecimento hoteleiro, nos arredores de Gabès, em 04-Abr-2010)
(Clicando na imagem, amplia)

Fauna da Tunísia: Pardal-espanhol (macho)

Pardal-espanhol (Passer hispaniolensis Temminck)
Fotografia obtida em Port El Kantaoui, em 03-Abr 2010, mas podia ter optado por dezenas de outras captadas em variadíssimas outras localidades, pois esta ave da família Passeridae, é muito mais abundante na Tunísia, do que o Pardal-comum (Passer domesticus). Também ocorre em Portugal, onde, no entanto, é bem mais raro do que o Pardal-comum, pois distribui-se apenas por algumas regiões do interior do país. Distingue-se do Pardal-comum pelo barrete castanho e não cinzento e pela existência de manchas negras nos flancos. Diverge também do Pardal-comum no que respeita à feitura dos ninhos que, por regra, constrói nas árvores e não em buracos nas paredes.
(Clicando na imagem, amplia)

quarta-feira, 14 de abril de 2010

Fauna da Tunísia: Rola-do-senegal (Streptopelia senegalensis)


Rola-do-senegal (Streptopelia senegalensis L. sin: Stigmatopelia senegalensis L. )
Eventualmente avistável em Portugal, esta ave da família Columbidae, não faz parte da Lista das Aves de Portugal publicada pelo Comité Português de Raridades. Pelo contrário, é muito abundante na Tunísia, tendo tido oportunidade de a fotografar em mais de uma dezena de lugares. A ave da imagem foi fotografada na capital da Tunísia (Tunes) junto das ruinas da cidade romana de Cartago, em 09-Abr-2010. (Ver imagem infra)

(Clicando nas imagens, amplia)

terça-feira, 13 de abril de 2010

segunda-feira, 12 de abril de 2010

Fauna da Tunísia: Picanço-barreteiro (Lanius senator)

Picanço-barreteiro (Lanius senator L.)
(Nota: Imagem captada em Tozeur, na Tunísia, perto da fronteira com a Argélia, em 06-Abr-2010. Irei dedicar os próximos posts à fauna e, em especial, à avifauna da Tunísia, país onde me desloquei recentemente. Algumas das espécies podem também ser avistadas em Portugal, como é o caso do Picanço-barreteiro que permanece em Portugal, onde nidifica, entre Março e Setembro. Outras haverá, porém, que não são avistadas em Portugal, como assinalarei na altura própria).
(Clicando na imagem, amplia)