sexta-feira, 18 de março de 2011

Palanca-ruana (Hippotragus equinus)

Palanca-ruana (Hippotragus equinus Desmarest)

Mamífero herbívoro da família Bovidae, a Palanca-Ruana, ou Palanca-vermelha, tem o seu habitat em África, nas regiões de floresta e savana, a sul do Sahara.
Animal gregário, que vive em pequenas manadas constituídas por um macho reprodutor dominante, fêmeas adultas e crias, é bastante corpulento, apresentando: um comprimento total de 240-264 cm, para o macho e de 220-245 cm, para a fêmea; altura de 150-160 cm (macho) e 140-150 (fêmea); e peso de 260-300 kg (macho) e 225-275 kg (fêmea);
Como marca distintiva mais saliente apresenta uma máscara facial branca e negra.
Tem como dieta principal ervas altas, mas, na falta destas, alimenta-se não só doutras ervas, como também de folhagem de arbustos, tubérculos e rebentos.
A época de acasalamento pode ocorrer em qualquer altura do ano. A gestação dura entre  268 e 280 dias, finda a qual, nasce apenas uma cria que é amamentada durante um período que pode ir até aos 8 meses.
Estatuto de conservação da espécie: "Dependente de conservação".
(Local: Jardim Zoológico de Lisboa)
(Clicando na imagem, amplia)

1 comentário:

Anamaria disse...

Eu já tinha visto palancas em fotos, elas parecem tão delicadas, elegantes, não sabia que eram tão pesadas e fortes! Que animal lindo, adorei o post