domingo, 3 de junho de 2012

Dom-fafe (Pyrrhula pyrrhula)


Dom-fafe * (Pyrrhula pyrrhula L.)
Ave da família Fringillidae é uma espécie residente e nidificante em Portugal, embora pouco comum. A nidificação, aliás, só ocorre nas serras do norte do país. Na restante parte do território do Continente só é avistável fora da época de nidificação, ou seja, durante o outono e o inverno, épocas em que a espécie é mais abundante, visto que à população residente se juntam indivíduos oriundos da Europa Central. 
Espécie essencialmente granívora também se alimenta, no entanto, de  bagas e rebentos e, na época de reprodução, as crias também são alimentadas com pequenos invertebrados.
Constrói o ninho em árvores e arbustos, compreendendo cada postura (normalmente 2 em cada ano) entre 4 a 5 ovos que são incubados durante 12 a 14 dias, saindo as crias do ninho 14 a 16 dias após a eclosão.
Outros nomes comuns: cardeal; Pimpalhão-da-Índia; Pisco-chibreiro
Nota
A ave fotografada (um macho, suponho) encontrava-se em cativeiro, como é facilmente observável, situação pela qual não sou responsável. Culpado posso ser, sim, por ter aproveitado a lamentável situação para obter as fotografias. Em todo caso, espero ser absolvido, atendendo a que outra intenção não tive ao fotografá-la, que não fosse a de divulgar a beleza da ave que, confesso, nunca avistei em liberdade.
(Clicando nas imagens, amplia)

Sem comentários: